Acreditamos que pessoas mudam o mundo. Receba nosso melhor conteúdo com exclusividade

Lugares Para Se Cultivar: Vem pra Chá Comigo!

Lugares Para Se Cultivar

A gente se cultiva de várias formas, inclusive por meio dos lugares que visitamos. Conheça a Chá Comigo, um lugar pra nos cultivarmos no cotidiano!

Já falei aqui que a gente se cultiva de várias formas, por meio dos nossos hábitos, da alimentação, dos pensamentos, das conversas, dos conteúdos que consumimos, do lugar onde fazemos morada e daqueles que visitamos.

Somos potinhos cheios de tudo aquilo que adicionamos na nossa vida.

Pois é, para mim, conhecer pessoas e lugares inspiradores com certeza é uma das maneiras mais leves e gostosas de me cultivar. Afinal, adotar bons hábitos, consumir conteúdo que faz bem para a gente em vez de fácil assimilação, ou construir relacionamentos saudáveis pode dar certo trabalho.

Por outro lado, conhecer novos lugares, especialmente em meio a rotina, é tipo estar de férias por tempo indeterminado. O tipo de "férias" que prefiro, já que é bem melhor fazer da jornada uma aventura inspiradora e reenergizante do que apenas 15, 20 ou 30 dias de 365.

Com a intenção de compartilhar com você essa minha forma mais que preferida de me cultivar e estimular mais gente a fazer o mesmo, vou registrar aqui os lugares amorzinhos que cruzam o meu caminho.

A ideia de indexar lugares inspiradores surgiu quando comecei a utilizar as hashtags #lugaresparasecultivar #LPSC, no @pessoamelhor, no Instagram.

Por ora, não tem regra. A regra é treinar o olhar para reconhecer e experienciar lugares cheios de energia positiva, e compartilhar aqui :)

Amantes de lugares cheios de personalidade, uní-vos!

O primeiro lugar que abre essa série é uma das casinhas mais fofas de Belo Horizonte, vulgo Beagá para os íntimos. Muita gente já conhece, mas eu enrolei para conhecer. Falo da casinha amarela, localizada no bairro Santo Antônio.

Adivinhou?

Sim, é a Chá Comigo!

Estive na casa na companhia de um grupo de "mais que amigos, friends". Logo que chegamos fiquei ENCANTADA com a árvore na porta que emoldura a casa, localizada em uma típica rua inclinada de BH.


Legenda: O fusquinha dá uma ideia do tipo de inclinação que estamos falando. Praticamente um cartão postal de Beagá. Imagem: Foto gentilmente cedida pela equipe Chá Comigo.


A grade baixa na entrada gera aquela sensação de que estamos entrando na casa da vó ou da tia da gente. Dá até vontade de bater palmas e chamar "ôôô... de casa!" rs

Assim que passamos pelas mesas do lado de fora, antes de realmente entrar na casa, há uma pequena antessala super fofa, com dois cantinhos que para mim são um convite para leitura. Fiquei tão à vontade no cantinho que tem um sofá, que simplesmente esqueci de fazer um registro dele em meio minha ensandecida vontade de fotografar tudo.

Vencido o desejo de ficar ali apenas sentada lendo um livro e tomando infinitas xícaras de chá, a gente acessa a recepção onde há mais mesas, prateleiras com chás, produtinhos descolados e de produtores locais à venda.

No balcão da recepção ainda tem uma chaleirinha muito fofa repleta de frases inspiradoras. Tipo essa na foto que diz: "o segredo é aproveitar os momentos bons para sorrir e os tristes para aprender e crescer".

Já estamos mestres nisso por aqui.


Imagens: Alguns registros meus e outros gentilmente cedidos pela equipe Chá Comigo.


São tantos cantinhos pensados com cuidado que a gente quer aproveitar e registrar todos. Acredito que isso ocorre porque a casa nos convida a ocupar o espaço e a deixar nossos rastros. Você pode levar seu vinil ou escolher algum lá e colocar para tocar. Na bancada amarela com tomadas, disponíveis para quem quiser utilizar o espaço para trabalhar remoto, tem uma pilha de livros que, acredite se quiser, você pode levar para casa - for free.

A ideia é que a gente leve, mas também deixe um pedacinho nosso. Ou seja, o interessante é levar um livro que conversou com você e deixar outro que leu e agora pode seguir iluminando o caminho de outras pessoas.


Legenda: Ah, antes que me esqueça, vale dizer que o espaço oferece água e wifi grátis. Imagens: Alguns registros meus e outros gentilmente cedidos pela equipe Chá Comigo.


Sobre as comidinhas, sei que você tá ansioso por essa informação, certo?

Mais que comida, é comida com afeto. No cardápio, que fica em uma prancheta, já avisam que "tudo é feito na hora, com carinho". Além de chás (servidos quente e gelado), tem café, sucos, pão de queijo recheado, bolos e tortas de fazer o coração e o estômago palpitarem, brunch aos sábados, e com certeza mais algumas gostosuras que deixei de mencionar.


Legenda: Uma amiga ficou tão encantada com a louça que queria levar para casa. Por que não, hein?! Já quero essa xícara na foto. Imagens: Alguns registros meus e outros gentilmente cedidos pela equipe Chá Comigo.
Como sou uma ótima fotógrafa #sqn, enviei uma mensagem no perfil oficial da Chá Comigo para pedir uma foto da fachada. Para minha alegria, quem me respondeu foi uma das sócias proprietárias, Laila Moreira. Um amor de pessoa com quem, depois desse contato, tive a oportunidade de trocar ideias sobre a importância de empresas com propósito como a Chá Comigo, que priorizam as relações humanas e a experiência das pessoas.

Alimento para o corpo e para a essência

Nessa conversa descobri que a empresa opera de forma horizontal, todos os colaboradores de certa maneira exercem um tipo de autoliderança, de modo que embora haja cargos, não existe uma relação hierárquica entre eles. Laila também me disse que é importante na cultura da empresa deixar claro para os frequentadores que quem trabalha no local é, antes de tudo, uma pessoa. Como não amar?

Laila ainda contou que em breve a casa vai contar com uma programação cultural. O espaço vai começar a receber, por exemplo, conversas sobre temas que interessam a comunidade Chá Comigo, sempre prezando por um ambiente intimista e de troca.

Sobre o atendimento, não tenho nada do que reclamar. Fomos super bem atendidos na mesa. Com direito a foto do nosso encontrinho feita pelo Vitor, a pessoa que nos atendeu mais de pertinho. #vitormelhorfotografo

Com certeza nesse tour aqui faltaram registros de alguns cantinhos que vou deixar para você conhecer pessoalmente. Sobre minha visita, só posso dizer que senti bem à vontade para me encantar por cada espaço da casa, fazer fotos e conversar livremente com meus amigos.

Com certeza a Chá Comigo é mais que uma casa de chás, é uma experiência para a gente se cultivar no cotidiano. "Um refúgio no meio da cidade com muito amor". Mais informações no @chacomigobh.

Ah, vale ressaltar que o conteúdo não é publicidade, apenas um relato da minha experiência. Espero que te ajude.

Caso visite um lugar lindeza assim, compartilha comigo utilizando as hashtags #lugaresparasecultivar #LPSC.

Afinal, coisa boa é para ser multiplicada!

E aí, já conhecia a Chá Comigo?

Beijo:)
Aline