Acreditamos que pessoas mudam o mundo. Receba nosso melhor conteúdo com exclusividade

Hábitos que ajudam a gerar e manter a energia ao longo do dia

Bons Hábitos

Conheça hábitos que podem ajudá-lo a gerar e manter a energia ao longo do dia, focar a atenção no que realmente importa e cumprir seus objetivos.

Estou no time dos apaixonados por produtividade e bons hábitos, não porque domine todos, sim pela necessidade de desenvolvê-los. Na minha jornada colhi muitos aprendizados sobre como gerar e manter energia ao longo do dia. Já que conhecimento a gente não guarda, multiplica, compartilho algumas dicas com você nesta conversa.

O primeiro passo para gerar e manter nossa energia é identificar onde a 'gastamos', e isso só se faz com auto-observação.

Por exemplo, enquanto toma café da manhã: faça uma lista de todas as tarefas previstas para o dia, e risque as tarefas conforme cumpri-las. Caso se dedique à algo que não estava previsto, insira o item na lista. No final do dia avalie quais atividades cumpriu e quais ficaram pendentes. Repita o mesmo procedimento no dia seguinte.

A proposta é gerar dados sobre a sua rotina. Com base nesses dados, no final da semana você poderá fazer algumas reflexões como:
Quais tarefas cumpro sem dificuldade?
Quais são postergadas? E por quê?
Sempre postergo as mesmas atividades?
Qual a média de tarefas consigo cumprir em um dia? 3, 4 ou 5?
Estou me comprometendo com mais tarefas do que é possível cumprir?
As tarefas que concluo são realmente prioridade? Quais são minhas prioridades?
Tais questionamentos nos ajudam a gerar mais clareza sobre as atividades em que depositamos nossa atenção e, consequentemente, com o que gastamos energia ao longo do dia.

Na realidade, o ideal é planejar o dia na noite anterior, assim já acordamos cumprindo as atividades com as quais nos comprometemos. Mas a criação da lista e a reflexão proposta pode ajudar muito quem não registra as tarefas diárias e/ou não tem ideia em quê está focando sua atenção.

Após fazer essa análise pode ser que você descubra que apesar de sentir-se cansado ao meio-dia, na realidade não concluiu nenhuma tarefa realmente importante. Apenas cumpriu tarefas operando no modo automático.  Uma das principais maneiras de desperdiçar energia é dedicar-se ao que não é importante.

Faça o exercício e me conta o que você descobriu nesse processo, combinado?

Como fazer a oscilação de energia jogar a seu favor?

Nenhuma pessoa consegue manter a energia 100% o dia inteiro. Sim, é possivel adotar hábitos para manter e gerar mais energia (disposição e foco), mas antes precisamos aprender a utilizar melhor nossa cota diária de energia.

Com os dados da sua rotina em mãos você precisará identificar a oscilação da sua disposição e foco.

Por exemplo, sei que estou mais disposta no período da manhã e conforme o dia passa vou perdendo energia. Mas há pessoas que funcionam de modo inverso, acordam pouco dispostas e atingem seu pico à noite.

Consciente dessa oscilação, organizo meu dia por blocos de atividades de acordo com o meu nível de energia.

Dessa forma é possível ser produtivo em praticamente três turnos.

Como?

A manhã para mim é sagrada. Dedico apenas à minha rotina matinal, estudo e atividades criativas. Após o almoço entro no modo cumpridor de tarefas: respondo e envio emails, faço reuniões, corrijo trabalhos, organizo aulas, vou à consultas, ao mercado etc. À noite dou aula para turmas de graduação.

Dessa forma, ao longo do dia percebo a oscilação de energia e uso a utilizo ao meu favor.

De manhã realmente preciso estar com a mente descansada e fisicamente energizada para aprender e criar. À tarde percebo uma queda na energia, mas ainda conto com o suficiente para fazer atividades mais pragmáticas como as que listei. Já no período da noite, quando já estou física e mentalmente mais cansada, a facilitação de conteúdos de forma mais dinâmica e dialogada em sala de aula demanda a energia que "me resta", ao mesmo tempo que me reenergiza.

Nem todo mundo tem a flexibilidade de se organizar como no meu exemplo, mas a ideia aqui é você planejar suas atividades considerando a oscilação no seu nível de energia, de acordo com a sua rotina.

8 hábitos que podem ajudar a manter e a gerar sua energia diária

Agora que você tem clareza sobre quais são suas prioridades e consegue focar no que realmente importa considerando a oscilação no seu nível de energia, vamos voltar ao básico.

Por mais clichê que pareça para nos sentirmos mais dispostos e focados, precisamos cultivar nosso bem-estar físico, mental e emocional. Por isso listei aqui 8 hábitos que podem ajudar a gerar e a manter sua energia diária.

1. Durma o suficiente: aqui podemos fazer uma analogia com o celular. Sabemos que é prejudicial para a bateria do aparelho interromper o carregamento ou fazer cargas curtas. Assim como o celular, se não dormimos o suficiente é bem possível que não teremos energia para completar nossa jornada diária. Descubra quantas horas de sono você precisa e durma, apenas durma #melhordica
 2. Adote um ritual matinal:
a primeira atividade que você faz pela manhã tem o poder de configurar seu cérebro para o resto do dia. Crie o hábito de acordar sempre no mesmo horário, evite a função soneca e faça práticas que estimulem emoções positivas como: mentalização, atividade física, meditação etc.
3. Facilite processos de tomada de decisão: decidir sobre algo demanda muita energia mental. Se possível, antecipe as decisões que terá que tomar ao longo do dia. Na noite anterior organize a agenda, faça uma lista de tarefas, escolha o que irá vestir e comer no dia seguinte. Ou seja, evite ter que tomar decisões que podem ser antecipadas no dia a dia.
4. Beba água e alimente-se corretamente: pois é, o básico do básico, mas é necessário nos lembrarmos de que a desidratação e a má alimentação afetam diretamente nosso desempenho. Talvez você não tenha energia para completar o dia simplesmente porque seu corpo está precisando de 'combustível'.
5. Pratique alguma atividade física: falei sobre atividade física no item 2, mas acredito que ela merece um item próprio. Exercitar o corpo é uma das melhores maneiras de aumentar nossa disposição e gerar energia.
6. Faça pausas: a pausa é essencial para eu me reenergizar ao longo do dia, pois me ajuda a sair do automático. Geralmente entre um bloco de tarefas e outro faço uma pausa para tomar café ou chá, ou comer uma fruta. Nesse momento aproveito para refletir sobre o que fiz até o momento. Faço um check in mental e verifico se estou focada em minhas prioridades. Ah! Mas se estiver me sentindo muito ansiosa, faço alguns minutos de meditação ou ioga. Ajuda a aliviar o frenesi mental.
7. Defina horários para consultar o celular: sim, o hábito de checar o celular a todo o momento, especialmente email e redes sociais, é com certeza um dos principais vilões da produtividade e da sua energia. Para evitar tal comportamento adote horários para consultar o celular. Como dizem por aí, se for importante as pessoas vão ligar para você. Inclusive, existem aplicativos que ajudam a monitorar o tempo de uso do celular e em redes sociais. Alguns permitem definir uma meta diária de uso, de modo que o app informa quando a meta é atingida e cria gráficos com dados sobre seu desempenho.
Agora, tudo isso que falei pode ir por água abaixo se você não prestar atenção especial no seu estado emocional.
8. Pratique autoconsciência emocional: às vezes a gente faz tudo direitinho, mas a falta de consciência sobre um pensamento recorrente que está nos desequilibrando, ou a dificuldade de gerenciar as emoções causadas por um acontecimento ou imprevisto no dia, drena nossa energia e interfere diretamente na nossa produtividade.
Rotina, hábitos alimentares, de sono e atividades físicas influenciam,  mas as emoções, ah! as emoções... têm papel importante na regulação do quanto nos sentimos dispostos ou não.

Na maior parte do tempo estamos pensando freneticamente sobre passado e futuro, e operando no modo executor de tarefas. Desconectados do presente não observamos como estamos nos sentindo, como os acontecimentos do dia despertam emoções em nós.

Nossos pensamentos, ações e interações vão reconfigurando nosso estado emocional e, por conseguinte, as emoções e os sentimentos impactam na nossa energia. Mas este é assunto para nos aprofundarmos em outra conversa.

Curtiu as dicas? Incluiria algo mais? Compartilhe suas reflexões nos comentários e o conteúdo com alguém que possa beneficiar-se dele

Beijo :)
Aline